#ConheçaFloripa:

Fortaleza de Ratones

Já ouviu falar na Fortaleza de Santo Antônio de Ratones? Ela está localizada na ilha de Ratones Grande, na Baía Norte da Ilha de Santa Catarina, em Florianópolis.Essa linda construção foi projetada pelo Brigadeiro José da Silva Paes, para defender a entrada norte da Ilha. A construção começou em 1740 e foi concluída em 1744, na ilha de Raton Grande, nome dado pelo explorador espanhol Cabeza de Vaca pois a ilha tem o formato de um rato, de alguns ângulos.

 

No século 19, a Marinha Brasileira usou a fortaleza como enfermaria para doentes de cólera e hanseníase. Durante as escavações arqueológicas para a restauração, foram descobertos diversos esqueletos no local, provavelmente do cemitério feito no período em que as instalações tiveram essa finalidade. Em 1938, a Fortaleza de Santo Antônio de Ratones foi tombada como Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. A UFSC tomou posse da gerência da fortaleza, por meio do Projeto Fortalezas em 1990, e Ratones teve seu processo de restauração iniciado e concluído em 1991.

 

Seus principais edifícios estão implantados em um patamar mais alto, guarnecidos pela encosta e voltados para o mar. As edificações mais significativas são a Portada, a Fonte D’Água e o Aqueduto – que conduzia as águas pluviais captadas para o abastecimento da guarnição. Além de seu expressivo acervo arquitetônico, a Ilha de Ratones Grande apresenta uma paisagem natural exuberante, formada por Mata Atlântica. Também possui uma trilha destinada à prática do turismo ecológico e educação ambiental, permitindo a integração dos visitante aos ambientes marinhos, à mata e à fauna associada a este ambiente.

 

O forte remete à construções medievais, incluindo ponte levadiça, fonte d´água e aqueduto, como falamos antes. Protegida na retaguarda pela encosta rochosa da ilha, onde se preserva um trecho remanescente de Mata Atlântica, a fortificação apresenta planta de formato poligonal orgânico, em forma de “L”, com cerca de 800 metros quadrados de área construída. Nos arredores, trilhas conduzem a caminhada em meio à Mata Atlântica e também pela orla.

 

As visitas podem ser efetuadas diariamente, pelos serviços locais de escunas que fazem passeios marítimos na região, partindo de diferentes pontos da cidade: próximo à Ponte Hercílio Luz, trapiche da Beira Mar Norte e da praia de Canasvieiras. Ainda é possível chegar ao local pela praia do Sambaqui, a quinze quilômetros do centro de Florianópolis, onde há barqueiros que fazem a travessia marítima de aproximadamente três quilômetros.

 

Venha conhecer mais essa maravilha em Florianópolis. A belíssima Fortaleza de Santo Antônio de Ratones fica a apenas 27km do Cambirela Hotel.

Ainda não há comentários! Você será o primeiro a comentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *